Vale a pena aderir ao novo modelo de saque do FGTS?

O FGTS é um dos direitos dos trabalhadores da CLT e recentemente sofreu algumas alterações. Estamos falando da nova modalidade do FGTS e as suas regras de adesão que estão levando o trabalhador brasileiro a se perguntar se vale mesmo a pena aderir ao saque.

O que é o FGTS?

A sigla FGTS é referente ao Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, que como o nome indica é uma conta inacessível que recebe contribuições mensais de acordo com o seu tempo de serviço atuando através da CLT.

O Fundo de Garantia é um dos benefícios mais importantes do trabalhador brasileiro e fica disponível quando o mesmo é demitido sem a apresentação de justa causa ou através da liberação por parte do Governo, como foi o caso do Saque Completar do FGTS.

O saque do FGTS é opcional, mesmo quando o funcionário tem acesso a ele e o mesmo só poderá estar sacando novamente dentro das situações mencionadas acima.

Qual a nova modalidade do FGTS?

O Governo Bolsonaro trouxe diversas alterações para o funcionamento burocrático do país, mas também proporcionou uma noda modalidade para o saque do FGTS. No caso, essa novidade proporciona a liberação do saque aniversário FGTS 2020que principalmente em um momento de crise pode estar auxiliando muito a vida dos cidadãos brasileiros.

Os trabalhadores podem aderir a modalidade através do aplicativo do INSS, disponível para Android e IOS. Sendo assim, o beneficiário passa a ter acesso liberado no mês do seu aniversário a uma parcela fixa de R$150 + 30% do valor total da sua conta.

Mas é importante lembrar de duas coisas nesse processo. A primeira delas é que o saque desse valor só pode ser feito cerca de dois meses depois do seu aniversário, podendo ser no dia 1° ou no dia 10. A segunda é que você consegue fazer a simulação desse valor no próprio app.

Vale a pena?

Mas será que vale a pena aderir ao saque aniversário? Como você conferiu nos parágrafos anteriores, esse pode ser um valor muito interessante para milhões de brasileiros que foram afetados pela crise econômica, entretanto, é necessário lembrar de uma observação sobre a modalidade.

Quando passa a aderir ao saque aniversário do FGTS, o contribuinte não pode acessar a conta por 2 anos. Isto quer dizer que se for demitido, não pode sacar o valor contido no fundo.

Portanto, é necessário refletir sobre a adesão. Se você acredita que o cenário da sua empresa é seguro e tem boas previsões para o próximo ano, pode valer a pena acessar essa nova modalidade.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *